Abrir Popup

Cadastre-se e receba ofertas exclusivas de Soluções de Seguros

A salvação do Seguro de vida

30 maio

A salvação do Seguro de vida

5/51 rating

Há anos os profissionais do setor de Seguros orientam a população brasileira de que os seguros são excelentes ferramentas de educação financeira ou emergência.

Um estudo feito pela Universidade de Oxford, em 2017, revelou que menos de 20% dos brasileiros têm algum tipo de seguro de vida contratado. Em uma lista de 11 nações pesquisadas, a média é de 32%. Isso significa que estamos entre os piores colocados se elaborado um ranking sobre o tema e que o mercado de seguros de vida no Brasil ainda tem muito espaço para crescer.

Quando falamos em seguro de vida, são inúmeras as modalidades disponíveis no mercado, seja para contratação por pessoa física ou jurídica. É claro que ninguém quer ficar doente, porém, é impossível prever e controlar algumas situações. Quem não se desespera diante de um problema de saúde, especialmente quando são problemas mais graves?

O desespero bate à porta e surgem diversas dúvidas. Qual o melhor tratamento? Será que o médico é especialista no assunto? Quais as chances de recuperação? E como fica a família se algo der errado? A tendência é de que os questionamentos só aumentem até que um plano de tratamento seja iniciado.

Quando uma pessoa possui um seguro que ofereça garantia financeira àqueles que descobrem, por meio de diagnóstico, doenças terminais ou fatalidades inesperadas, os seguros oferecem um fôlego financeiro, que pode ser usado para tratamentos e auxilio a terceiros.

Cada vez mais corporações vêm aderindo a essa modalidade de seguro. Segundo a Susep (Superintendência de Seguros Privados, órgão regulador do setor), o prêmio total nos seguros de doenças graves ou terminais, em 2017, foi de R$ 765,8 milhões — crescimento de 9,66% sobre 2016. De janeiro a agosto deste ano, o valor já era de R$ 571,9 milhões, alta de 12,5% sobre o mesmo período do ano passado.

Os seguros de doenças graves ou terminais representam pouco mais de 2% do mercado total de seguros de pessoas no país. O aumento da expectativa de vida colabora para tal. As pessoas estão vivendo mais e todo mundo está sujeito a uma doença inesperada. Trata-se de uma tendência que veio para ficar e deve se consolidar dentro de mais alguns anos.

Basta fazer uma breve análise do aumento no número de casos de câncer no Brasil e em todo o mundo. Um estudo de setembro da Agência para a Pesquisa do Câncer, ligada à Organização Mundial da Saúde (OMS), mostrou que 18,1 milhões de novos casos de câncer serão registrados em 2018 no mundo, com um total de 9,6 milhões de mortes. O órgão aponta que se nenhuma medida for adotada, as incidências vão atingir 29,4 milhões de novos casos em 2040, com mortalidade de 16,3 milhões até lá. Nos países emergentes o aumento de casos de câncer deve ser de 62% até 2040 e um total de 10 milhões de novos diagnósticos da doença. O Brasil deve registrar ao todo 559 mil novos casos de câncer em 2018, com 243 mil mortes. Até 2040, a entidade estima que a doença pode sofrer um aumento de 78,5% no país, um dos maiores saltos entre as principais economias do mundo. Isso significa que 998 mil novos diagnósticos de câncer serão registrados por aqui no período.

Fonte: Segs

Receba as notícias antes dos demais Assinantes!

Clique para ativar as notificações e receba antes de serem publicadas

Essa matéria foi relevante? Vote !

5/51 rating
  • DICA

    Essa matéria foi relevante? Vote !

  • Ligue pra Mim





  • captcha

    Essa matéria foi relevante? Vote !

    • DICA

      Essa matéria foi relevante? Vote !

    • PORQUE INFORMAR CPF ?

      Essa matéria foi relevante? Vote !

    Cotação Seguro Saúde

    Seguro Acidentes Pessoais

    Cotação Seguro Residencial

    Cotação Seguro Vida

    Cotação Seguro Odonto

    Cotação Seguro Portáteis

    Cotação Seguro Viagem

    Cotação Seguro Pet

  • Chat Ao Vivo

    Essa matéria foi relevante? Vote !

  • Se preferir, ligue GRÁTIS e fale com a gente : 0800-607-1111 ou 0800-780-1111
  • Se preferir, ligue GRÁTIS e fale com a gente : 0800-607-1111 ou 0800-780-1111
  • Se preferir, ligue GRÁTIS e fale com a gente : 0800-607-1111 ou 0800-780-1111
  • Se preferir, ligue GRÁTIS e fale com a gente : 0800-607-1111 ou 0800-780-1111
  • Se preferir, ligue GRÁTIS e fale com a gente : 0800-607-1111 ou 0800-780-1111
  • A salvação do Seguro de vida

    tempo leitura: 3 min